Bandidos invadem ONG para sequestrar cães de caça e mais de 40 animais acabam fugindo no interior de SP

GANÂNCIA HUMANA

27 de dezembro de 2022

1 min. de leitura

Foto: Reprodução

Três criminosos invadiram o Grupo de Proteção aos Animais (GPA) de Registro, no interior de São Paulo, para sequestrar três cães explorados para ativistas de caça. Segundo apurado nesta terça-feira (27), durante a ação, os assaltantes arrombar as cercas, abriram os portões de nove canis e mais de 40 cães fugiram para uma região de matagal.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, os três cães eram da raça foxhound americano e haviam sido resgatados formalmente pela Polícia Militar Ambiental em Cajati (SP), no último dia 20 de novembro.

A diretora da ONG, Gisele Carvalho, disse que acredita que o trio de criminosos invadiu a ONG com o intuito de pegar esses animais de caça. O GPA estava com os cachorros, pois a PM Ambiental não possui um local apropriado para a guarda dessa raça.

Com exceção dos três cães que foram levados, os animais foram para a mata pela cerca que foi destruída pelos assaltantes. Dos mais de 40 cachorros, apenas dois ainda estão perdidos. A entidade trabalha para encontrar os cães de raça indefinida.

Segundo o documento, a polícia solicitou um exame pericial ao Instituto de Criminalística para vistoriar o local. O caso foi registrado na Delegacia Seccional de Polícia de Registro, e segue sendo investigado. Até o momento, ninguém foi preso, e os três cães de caça não foram encontrados.

Fonte: G1