Conheça 7 raças de cachorro policial

Existem diferentes raças de cachorro policial — farejadores, caçadores, de resgate e proteção — e algumas delas podem ser encontradas em aeroportos, missões policiais e até resgate de vítimas de desastres naturais. Você pode até ter visto um desses cachorros policiais em séries de TV e filmes, como o Pastor Alemão ou o Labrador.

Um cão pode ser adestrado para aprender truques e realizar as mais diferentes funções, mas o melhor amigo do homem também pode ser um verdadeiro herói quando é treinado e tem algumas características, como faro aguçado, inteligência e lealdade. Assim, a equipe do Planeta dos Animais separou 7 cachorros policiais para você conhecer. Confira!

1) Pastor Alemão: policial canino leal e destemido

O Pastor Alemão é a raça de cachorro policial mais conhecida do mundo — você pode lembrar dele por causa do filme “K-9: Um Policial Bom pra Cachorro”, clássico de 1989. Originalmente utilizado como cão de pastoreio, é considerado fácil de adestrar, inteligente, leal e altamente destemido, o que o torna um dos cães policiais mais eficientes da profissão.

Com um faro extremamente apurado e porte atlético, este cachorro policial é bastante versátil, podendo ajudar em buscas de pessoas em escombros e atuar em aeroportos e rodoviárias para farejar drogas ilícitas e até mesmo bombas. Inclusive, por causa dos pelos escuros que cobrem as suas costas, o Pastor Alemão também é reconhecido pelo termo “raça de cachorro policial capa preta”.

2) Pastor Belga Malinois: policial recordista

Conhecido como Ferrari dos cãeso Pastor Belga Malinois está muito próximo ao Pastor Alemão como melhor cachorro policial. De porte imponente e elegante, essa raça de cachorro policial é instintivamente protetora e resistente à variações climáticas, mas também é gentil, obediente e de temperamento amigável.

O Pastor Belga Malinois é utilizado pelas principais polícias federais do mundo, atuando em missões especiais, busca de depósitos clandestinos de drogas, localização de esconderijos e prisão de traficantes. Na Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, ajuda a encontrar pessoas desaparecidas em casos de desastres naturais, como terremotos, deslizamentos de terra e desabamento de edifícios.

Brasil não, isso cachorro policial auxiliou os bombeiros na localização de vítimas soterradas no rompimento das barragens de Mariana e Brumadinho (MG). E por conta de suas capacidades extraordinárias, o Pastor Belga Malinois está registrado no livro de recordes, o Guinness World Records, como o maior farejador de drogas.

3) Rottweiler: policial guardião

Pela sua inteligência, facilidade em aprender comandos e devoção, o Rottweiler é um guardião nato, o que o faz ser uma excelente raça de cachorro policial. Extremamente protetor e com instinto territorial bastante aguçado, os Rottweilers foram criados originalmente para serem cães de trabalho e proteção, se adequando facilmente às atividades de cães policiais a partir do século XX.

Dono de uma das mordidas mais fortes do mundo, o Rottweiler inspira respeito, força e resistência. Mas também pode ser amável e brincalhão, dependendo da forma que for criado, podendo socializar bem com outros animais e até crianças.

4) Labrador: estrela de cinema e ótimo farejador

O Labrador é um dos cães mais populares do mundo e bastante conhecido pelo seu trabalho como cão-guia e cachorro de suporte emocional, além da sua atuação no filme “Marley e Eu”. O que muitos podem não saber é que ele também faz parte das raças de cachorros policiais. Com olfato apurado, obediência e paciência, este cachorro policial é comumente utilizado por equipes policiais e bombeiros para encontrar vítimas enterradas sob até seis metros de profundidade.

5) Bloodhound: policial de caça

O Bloodhound pode não ser tão reconhecido como uma raça de cachorro policial quanto o Pastor Alemão ou o Rottweiler, mas é originalmente um cão de caça usado para rastrear animais e logo passaram a ser usados também para encontrar pessoas. Com exímio olfato que consegue farejar rastros antigos, possui força e resistência invejáveis. O Bloodhound é um dos cães policiais mais pacientes e tolerantes, e opera de forma semelhante ao Labrador em operações de busca e resgate.

6) Beagle: policial caçador

Não se deixe enganar pelo seu tamanho, pois o Beagle está entre as melhores raças de cachorro policial por conta de seu incrível olfato que consegue identificar diversos tipos de cheiros. Desenvolvido para farejar raposas e lebres, ele tem ótimos instintos de caça e, por isso, é super energético, ágil e determinado. Assim como o Bloodhound, o Beagle é um dos cães policiais que têm um dos melhores e mais desenvolvidos sentidos olfativos.

Os Beagles são fáceis de cuidar, inteligentes e trabalham bem ao serem recompensados. Geralmente, são utilizados como cães de detecção de alimentos em bagagens em aeroportos de vários países. Por serem relativamente pequenos, não são adequados para subir em bagagens e em grandes correias transportadoras para detecção de explosivos.

7) Doberman: policial sempre atento

Por último, mas não menos importante, temos o Doberman: a primeira raça de cachorro criada especialmente para a proteção. De porte médio a grande, este cachorro policial tem resistência atlética e velocidade, ótimo faro e muita determinação. O Doberman é disciplinado, obediente e facilmente treinado.

É uma das raças de cachorro policial mais utilizadas, principalmente pelo seu físico e sentido de alerta. Atua frequentemente em tarefas de resgate de reféns, proteção e busca por criminosos. Além disso, é conhecido como herói dentre os cachorros da raça, tendo ajudado na procura e resgate de vítimas na tragédia das Torres Gêmeas nos Estados Unidos, em 2001.

Gostou do nosso conteúdo sobre as mais importantes raças de cachorro policial? Portanto, não se esqueça de compartilhar esse artigo para que ele alcance cada vez mais pessoas para que eles cheguem até aqui. Também não deixe de ler algumas matérias já produzidas pela nossa equipe do Planeta dos Animais. Agradecemos pela sua leitura e até breve!