Espécie ameaçada de extinção, tartaruga-de-pente desova na praia da Barra Nova (AL)

ESPERANÇA

25 de janeiro de 2023

2 min. de leitura

Foto: Reprodução

Vídeos gravados por um banhista mostram o momento em que uma tartaruga-de-pente desova nas areias da Barra Nova, no Litoral Sul de Alagoas. O momento foi registrado na madrugada dessa terça-feira (24).

Nas imagens, é possível ver a tartaruga colocando os ovos no ninho, na areia. Depois, a ela segue para o mar. A tartaruga-de-pente é considerada uma espécie ameaçada de extinção.

A expectativa é que o nascimento dos filhotes ocorra entre 45 e 60 dias. Até lá, a administração municipal fará o monitoramento da área.

Victor estava na praia logo cedo e registrou o momento em que a tartaruga retorna para as águas após o momento de desova.

“Nunca tinha visto, foi a primeira vez. Foi impressionante e maravilhoso de alguma forma viver esse momento. É muito bonito de se ver, um momento para ficar guardado”, disse.

Neto é pescador e também estava na praia no momento da desova. “Já tinha presenciado outras vezes, mas é mágico. É fascinante poder ver a natureza realizando isso, e é uma coisa que poucas pessoas conseguem presenciar. Assim que vi ela desovando eu acionei o Biota”, disse Neto.

Encontrou uma tartaruga? Saiba o que fazer

Assim como fez Neto, os banhistas que encontrarem com as tartarugas marinhas em momento de reprodução é preciso acionar os órgãos competentes, seja o Instituto Biota, o Instituto do Meio Ambiente (IMA) ou o Batalhão Ambiental, através dos números:

IMA: 3315-1778 ou 98867-6515
Biota: 99115-2944
Batalhão de Polícia Ambiental (BPA): 3315-4325

A temporada de desova das tartarugas teve início no mês de setembro e segue até março. Durante esse período, os animais costumam procurar a costa para a reprodução da espécie.

Alguns cuidados são necessários. Em caso de encontrar uma tartaruga no momento de desova, as recomendações são as seguintes:

– Manter a distância
– Não tocar
– Não ligar a luz de celular (nem flashes) para não incomodar o animal
– Deixar a tartaruga seguir o seu percurso e observar de longe
– Não gritar perto do animal
– Não sentar ou pisar sobre o animal
– Acionar os órgãos competentes

Fonte: G1