Gatinho paraplégico é resgatado da neve e do frio e vira melhor amigo de cão

Foto: Reprodução | Instagram

Um gatinho paraplégico foi salvo debaixo da neve e no frio. Além de um novo lar, ele ganhou um novo amigo. Um cão da raça husky que não desgruda dele por nada! O cão, que na verdade é uma cachorra, se chama Cinder e também foi resgatada juntamente com uma ninhada de filhotes.

O caso aconteceu em uma loja em Anchorage, Alasca, nos Estados Unidos.

A cachorrinha vive no abrigo Mojo’s Hope e por receber tanto amor e carinho, ela se tornou a mentora do espaço. A cachorra adota e abraça todos os irmãos que chegam por lá, principalmente os gatos.

Com o gatinho paraplégico que ganhou o nome de Bridger não foi diferente.

“Ela [a cachorra se tornou] uma mentora extraordinária para cada novo resgate que entrou em nosso programa”, disse Shannon Basner, proprietária do espaço. “Ela [a cachorra] forneceu a eles amor, carinho e um lugar seguro”.

O resgate

Em julho de 2022, o abrigo deu as boas-vindas a um novo gatinho necessitado. O gato, a quem chamaram de Bridger McPurr, foi encontrado do lado de fora no frio e estava incapaz de mover as pernas.

“Ele estava se agarrando à vida”, disse Basner. A equipe o resgatou e o levou para o Anchorage Animal Care and Control, onde ele recebeu atendimento médico de emergência.

Depois de algum tempo, as pernas de Bridger ainda não funcionavam direito, mas seu ânimo estava alto.

Logo depois, o gatinho paraplégico chegou ao Mojo’s Hope como um adotivo, pronto para espalhar amor para sua nova família.

“Ele estava imediatamente ronronando sem parar”, disse Basner. “Ele se aconchegou tão profundamente no canto do meu pescoço, apenas ronronando e massageando. Isso apenas mostrava que alguém estava cuidando dele, alguém o amava”.

Novo irmãozinho

Por causa do amor de Bridger por abraços, Basner sabia que Cinder seria uma boa amiga para ele. Ela apresentou os dois, e foi amor à primeira vista para os irmãos.

“Cinder fica super animada quando ela tem seus amigos gatinhos para se aconchegar”, disse Basner. “Com Bridger, ela foi muito cautelosa no início, pois sabia que ele era muito frágil”.

Cinder se aconchegou com Bridger, mas o doce gato não se conteve quando se tratou de amar sua irmã cachorrinha.

“Ele ficou apaixonado no momento em que a viu”, disse Basner. “Quando ele a viu, ele se iluminou e começou a acariciá-la”.

Confira vídeo dessa dupla:



Fonte: SóNotíciaBoa