Gluteoplastia – Blog Da Saúde

Quando a gluteoplastia é indicada?

Com o avanço da idade e independente do biótipo, é normal os glúteos perderem a forma. A falta de atividade física, dietas irregulares, alterações de peso e herança genética podem agravar a condição física. No entanto, na cirurgia plástica existem técnicas que permitem corrigir diferentes problemas relacionados à região dos glúteos, resgatando a beleza tão exaltada do bumbum.

Entre os tipos mais recorrentes, está o bumbum sem formato definido, ou seja, sem volume muscular. O aspecto murcho evidencia as imperfeições da pele, revelando flacidez, celulite e estrias. A gluteoplastia aprimora o contorno corporal da região, deixando as nádegas com aspecto de “bumbum malhado”. Nádegas achatadas também podem ser beneficiadas com a gluteoplastia.

Portanto, para um bumbum mais empinado, firme e arredondado a indicação é a técnica da gluteoplastia. Com ela, se consegue aperfeiçoar a região, utilizando o implante de prótese de silicone. Mas antes é preciso uma avaliação médica sobre qual o problema, ou seja, se o bumbum é achatado, caído, esparramado ou irregular.

Quais os modelos de prótese que existem? Pode falar sobre a redonda e a oval. Se tiver outras, pode especificar?

harmonia gluteoplastia

A gluteoplastia melhora a forma e a consistência da região com o implante de próteses de silicone. A técnica busca ainda manter o equilíbrio com o tronco e para tanto o cirurgião plástico indica o tamanho e o modelo mais adequado e proporcional ao corpo. A harmonia entre o volume ideal dos glúteos, a dimensão do tronco e a altura da paciente é sempre priorizada pelo profissional.

Vale destacar que as próteses são feitas de um material extremamente resistente, que se molda até atingir uma adaptação total, além de possuir proteção de uma grande camada de tecido adiposo glúteo e do músculo glúteo máximo, localizados acima da prótese, reduzindo consideravelmente a possibilidade de haver qualquer ruptura em traumas nesta área.

Elas ficam localizadas em um plano intramuscular (dentro do músculo), envolvida pelas fibras do músculo glúteo máximo. Fica bem protegida pelo músculo e pela camada de tecido adiposo, evitando que seja visualizada externamente, proporcionando um aspecto mais natural.

Portanto, a gluteoplastia por meio do implante da prótese de silicone permite deixar o bumbum mais volumoso e firme, com formato mais definido e livre de flacidez. A prótese usada é ainda mais resistente que a da mama, porque é confeccionada para suportar o peso do corpo, quando se está sentado. Os modelos variam e podem ter formato mais arredondado ou oval, mas a escolha do tamanho ou formato da prótese depende da altura, estrutura corporal e biótipo da paciente.

Como funciona a Gluteoplastia de aumento – pode falar sobre o implante de protese ou enxerto de gordura, e suas vantagens?

A lipoenxertia é o procedimento que remove gordura de determinadas áreas do corpo e injeta em outras regiões. Retira-se da região do abdômen, por exemplo, e coloca-se no bumbum. É necessário ter gordura excedente naquele local do corpo para ser feita a retirada. A lipoenxertia glútea é feita com a gordura da própria pessoa, que é tratada e centrifugada e depois aplicada na região. O método melhora, especialmente, o contorno e relevo dos glúteos. A técnica promove o aumento mais discreto das nádegas, que a prótese de silicone, mas em compensação a gordura aspirada para a modelagem pode ser aplicada em pequenas quantidades em depressões que se formam no bumbum.

De todos os citados acima, o tipo mais temido pelas mulheres, é o achatado. Para esse tipo de problema, a lipoenxertia é uma alternativa, por que a técnica permite tirar e colocar gordura de áreas no corpo, onde a genética não foi tão favorável. É uma espécie de remanejamento de gordura corporal. Tira-se da região do abdômen, e coloca-se no bumbum. Depois de algumas horas de cirurgia, é possível secar a barriga e ganhar aquele bumbum durinho, tão almejado.

A prótese de glúteo auxilia no bumbum caído?

gluteoplastia

Geralmente esse formato de bumbum está relacionado àquelas pessoas que emagreceram muito, ou seja, mais de dez quilos. E ainda em mulheres acima de 50 anos, que perderam gordura e tônus muscular, com o avanço da idade.

A gluteoplastia é indicada para reverter esse problema e tem como objetivo elevar o músculo glúteo ou preencher o espaço vazio, promovendo a beleza e harmonia na região.

A depressão trocantérica é uma condição genética, que acomete mulheres magras, de várias raças. O que ocorre é um sulco no glúteo feminino, mais evidente, quando a mulher permanece de pé. Para elas, o que incomoda é a impressão do glúteo de tamanho irregular, sem gordura nas laterais.

A lipoenxertia, com gordura do próprio paciente, pode ser a solução. Após ser retirada do abdome, cintura ou costas pode preencher a região com depressão nas laterais glúteas. A correção da depressão trocantérica com próteses de silicone não é recomendado, pois não é possível colocar o implante na lateral glútea e muito menos promover a simetria em ambos os lados.

Onde fica a cicatriz?

cicatriz de gluteoplastia

A incisão cutânea exige atenção, para que o posicionamento no sulco interglúteo deixe uma cicatriz minimamente perceptível, não comprometendo o âmbito estético.

Como é o pós-operatório apos a cirurgia? Pode dormir de barriga para baixo após quanto tempo?

No pós-operatório da gluteoplastia, ocorrem inchaço e hematomas na região,que desaparecem em cerca de duas semanas. Os resultados definitivos da gluteoplastia ocorrem 18 meses após o procedimento, quando a cicatrização já está completa.

Após uma semana da cirurgia é possível se sentar. Para dormir, o mais indicado é ficar de barriga para baixo por pelo menos dez dias.

A prótese de glúteo precisa ser trocada?

A vida útil do implante de glúteo é eterna, ou seja, uma vez posta, a prótese de silicone dos glúteos não precisará ser trocada, como acontece na cirurgia plástica de implantes de silicone nos seios.

E nunca é demais ressaltar! Para uma aparência natural e proporcional, em qualquer procedimento é fundamental o bom senso para respeitar o equilíbrio e a simetria do corpo.

O cirurgião plástico André Eyler é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da American Society of Plastic Surgeons. Especializado em cirurgia estética e reparadora oncológica, além das intervenções cirúrgicas da especialidade, é uns dos pioneiros da técnica da lipoenxertia e em técnicas como a HLPA, conhecida como Hidrolipo.

Serviço:

Cirurgião plástico Dr. André Eyler

Instagram e Facebook

São Paulo e Paraíba