Natal: data para refletir sobre paz, esperança e compaixão por todos os animais

REPENSAR HÁBITOS

25 de dezembro de 2022

Redação ANDA

1 min. de leitura

Foto: Ilustração | Freepik

O Natal é marcado pela celebração da vida e de bons sentimentos, como o amor e a paz. Nesta época, as pessoas se tornam mais solidárias, mas muitas vezes sequer fazem a ligação entre os bons pedidos que fazem e as práticas ruins que perpetuam ao fazer da ceia um momento de farta variedade de produtos de origem animal.

Esta é uma época que pede por uma reflexão. É justo celebrar a vida com a morte de seres inocentes?

Opções para realizar uma ceia vegana não faltam e são, inclusive, comercializaras já prontas por muitas lojas especializadas. Não há, portanto, desculpas para perpetuar hábitos tão cruéis.

Os animais explorados para consumo humano são submetidos a sofrimento inimaginável. Nesta época do ano, os perus são uma das principais vítimas do paladar humano. Nascidos apenas para que sejam mortos, eles vivem vidas miseráveis para atender aos anseios das pessoas.

É urgente que uma mudança de hábitos seja executada para libertar os animais de todo o sofrimento que vivem e, por consequência, conseguir festejar o Natal de maneira coerente e ética.