O amor cura: gatinho com paralisia nas quatro patas é adotado e mobiliza internautas para ajudá-lo

Foto: repro~dução | Awebic

Animaizinhos especiais precisam de cuidados especiais. Porém, infelizmente, a maioria dos tratamentos para esses animais são caros e não é todo mundo que tem os recursos necessários para investir em bons profissionais, medicamentos e itens necessários.

Nessas horas, o amor e solidariedade de completos estranhos falam mais alto e entram em cena, como é o caso do Amael, ou Amaelzinho para os íntimos, um gatinho muito fofo e que nasceu com a doença do gato nadador.

Ele ganhou visibilidade nas redes sociais após a tutora, a estudante de enfermagem Leticia Pirolli, criar uma conta no TikTok contando a história do gatinho. No primeiro vídeo postado em fevereiro de 2022, Amael aparece com talas em suas patinhas dianteiras e traseiras, pois de acordo com seus veterinários, a doença causou o mau funcionamento dos membros inferiores e superiores dele.

@amaelzinho amael precisa de ajuda #gato #precisodeajuda #gatostiktok #fyp #ajuda #doencasraras #fy ♬ como original – Amael


Devido aos altos custos do tratamento, Leticia criou uma vaquinha para que as pessoas pudessem ajudar com qualquer valor. Em menos de um mês, a solidariedade de internautas arrecadou o dinheiro necessário para Amael fazer a sua primeira reabilitação.

O momento fofinho foi gravado pela tutora e emocionou os seguidores, que deixaram vários comentários lindos e de incentivo. “AI TÔ CHORANDO ele é tão pequenininho :(( um neném lindo que vai se recuperar logo”, desejou uma usuária da rede social. “Ele vai conseguir, vai dar tudo certo”, escreveu outa internauta.

@amaelzinho atualizações do amael #gatostiktok #precisodeajuda #gatos #acupuntura #fyp #fy ♬ Histórias 2 – Danilo Stankovic


Entre os vários tratamentos e medicações que o gatinho recebe, a fisioterapia e acupuntura são os principais. Essas intervenções veterinárias têm como objetivo melhorar as condições geradas pela doença, que é um transtorno (também conhecida como síndrome do filhote tartaruga ou splay leg) caracterizado pela hipoplasia miofibrilar, que afeta o desenvolvimento motor.

O AMOR CURA

E se você já fez as contas e está se perguntando como o Amael está agora com um ano de idade, a resposta é muito boa! O gatinho teve uma evolução muito boa e já consegue andar e aprontar as suas artes, típicas de um gato ainda jovem.

Graças às doações e muito amor enviado por internautas, o animal continua fazendo os tratamentos necessários e segue uma rotina de fisioterapia intensa. O dia a dia desse felino tão lindo é acompanhado pelos seus mais de 100 mil seguidores no TikTok e 34 mil no Instagram.

@amaelzinho Aventura de Natal do Amaelzinho #natal #amor #correr #felicidade ♬ Versão mais longa do Jingle Bell Rock – 1 Minute Christmas Sounds🎄




Cheia de gratidão, Leticia não esconde o amor e carinho que tem por todo mundo que contribui, seja com dinheiro ou comentários carinhosos. Além disso, ela reconhece a dedicação dos profissionais que ajudaram Amael ao longo de toda essa jornada, em especial, a veterinária Karine Oliveira Pacheco.

E para fazer uma homenagem bem linda, a estudante de enfermagem gravou um vídeo especial com um copilado dos melhores momentos do tratamento do gatinho. Com mais de 500 mil visualizações, o post emocionou os seguidores!

@amaelzinho PARABÉNS para a melhor médica veterinária @vetcomamor juntos mudamos a história do Amaelzinho. #medicinaveterinaria #fisioterapia #amor #parabenspravocê ♬ Amor da minha vida – Metrow Ar


ME EMOCIONEI NO VÍDEO, POR ISSO, EU AINDA ACREDITO NO SER HUMANO”, escreveu uma internauta. “Só quem ama, sabe cuidar”, comentou outra seguidora.

Os tratamentos do Amael ainda continuam e ele precisa da sua ajuda. Para mais informações, acesse o link da vaquinha para ajudar esse gatinho tão lindo e batalhador!

Fonte: Awebic